Tratamento e Cirurgia da FIMOSE - Balanopostite

Atendemos Convêios e planos de Saúde: UNIMED, GOLDEN CROSS, AMIL, SULAMERICA, GEAP, IRB, CNEN, FURNAS, PETROBRAS

Fimose é a impossibilidade de retração da pele que recobre a glande (cabeça do pênis).
Nos adultos geralmente é secundária a uma Balanopostite, que é a inflamação da mucosa que recobre a face interna do prepúrcio. Esta inflamação pode evoluir para uma infecção causada por bactérias, fungos, vírus ou a associação destes agentes.
Dentre os principais fatôres para o desenvolvimento de uma balanopostite destacamos:
- Falta habitual de higiene no pênis ou após as relações sexuais
- Obesidade e Diabetes
- Doenças ou tratamentos que induzem a baixa da imunidade
- Uso exagerado de antibióticos
- Excesso de pele recobrindo a glande
O tratamento dependerá do agente causador da inflamação ou da infecção.
 Pacientes com Balanopostite Crônica ou com Fimose , se beneficiarão da retirada da pele que recobre a glande. Esta cirurgia é denominada Postectomia e é realizada sob anestesia local com sedação , monitorada por um Anestesista, obtendo alta hospitalar no mesmo dia do procedimento.
A postectomia facilitará a higiene do pênis e provavelmente eliminará os focos de infecção crônica.
O retorno às atividades sexuais, dependerá  de individuo para indivíduo, mas de modo geral ocorrerá após a cicatrização do local operado.
A principal complicação de uma balanopostite crônica é a evolução para um câncer de pênis, doença mutilante, onde muitas vezes há a indicação de amputação do orgão genital e que apresenta alto índice de mortalidade.
Estudos recentes relacionam a cirurgia para correção da fimose (postectomia) com o câncer da próstata, a qual apresentou um efeito protetor em determinadas camadas da população.




Close

Log In

Enter Remind password

Type your e-mail address and we'll send you new password

Submit